Medo da doença

É extremamente importante estar a par das informações actuais sobre o que está a acontecer, especialmente na situação actual. Mas a melhor prática é saber apenas o que é necessário e não encher o cérebro de informações desnecessárias ou falsas. É sempre melhor seguir as precauções de segurança aconselhadas e participar apenas no que é necessário para retardar a propagação da doença.
É melhor ater-se às fontes de informação fiáveis a este respeito, como o CDC, a Organização Mundial de Saúde e as autoridades locais de saúde pública. O acompanhamento constante das notícias e dos meios de comunicação social pode rapidamente tornar-se uma ansiedade compulsiva e contraproducente, em vez de a aliviar. O limite é diferente para todos, por isso preste atenção à forma como se está a sentir e ajuste-se em conformidade.