Não tocar no rosto em qualquer lugar

Com base na investigação e no estudo, a medida mais difícil de auto-protecção a seguir é evitar tocar no rosto.

Um estudo observou estudantes de medicina no ano de 2015, na Universidade de New South Wales. Os resultados esclareceram que cada estudante tocou o rosto no mínimo 23 vezes por hora, em média.

É muito importante evitar o contacto das mãos nuas com o rosto, pois os germes entram facilmente no corpo através dos olhos, nariz e boca. As mãos contaminadas espalham o vírus facilmente esfregando os olhos e tocando o rosto em qualquer lugar, especialmente nariz e boca.